segunda-feira, 4 de dezembro de 2006

Dúvida existencial

No outro dia, eu estava com umas calças vestidas e, de repente, levei com uma grande bola de bowling na cabeça...Esperem...! Enganei-me, o Ponto acabou de me dizer k era de basebol. Confundi, são parecidas, por isso, espero que me desculpem.

...

...

...

Está aí alguém?

...

...

Azar, conto à mesma o que se passou nesse dia em que eu estava com umas calças vestidas. Nesse dia em que eu estava com as calças vestidas comecei a pensar (sim, comecei) e reparei que é impossível despir as calças mais vezes do que alguma vez as podemos vestir. Isto é muito simples de calcular: Pegas no número de calças que tens, no número que vestes, na tua idade, na idade do(a) teu(tua) bisavô(ó) (se já não for nenhum vivo, somas as idades dos teus pais e divides por zero), juntas tudo numa panela e pões a cozer com meio litro de água. Quando a superfície da água destapar o resultado, está tudo pronto para ir ao forno a 220ºC durante 18-20 minutos.
Depois disto tudo, podemos reparar que cada vez que vestimos umas calças, só as podemos despir 1 vez. Ou seja, sempre que temos umas calças vestidas, em toda a nossa vida, vestimo mais vezes calças do que as despimos. E até é possível ter vestido muitas masis vezes calças do que as ter despido. Ora vejamos: quase de certeza que toda a gente ja experimentou, quando era miúdo (pelo menos), vestir 2 calças ao mesmo tempo. Isto conta como vestir 2 vezes. Mas, no fim, tirar as 2 ao mesmo tempo. Alguns filósofos admitem isto como tirá-las 2 vezes, porque dizem k são 2 objecto e tal... Eh! Burros... Mas eu, como sábio da vida e detentor de todos os problemas para cada solução, digo-vos que conta como tirar 1 vez.
Assim podemos concluir que, não tendo nenhumas calças vestidas é possível vestir 2 calças e tirando-as, tanto 1 a 1 como ao mesmo tempo, o número de vezes que as tiramos nunca é superior ao do que as tiramos. Logo, não é possível despir as calças mais vezes do que as vestimos. Quer dizer, ser possível é: Vestir 2 calças ao mesmo tempo (conta como 1 vez) e tirá-las 1 a 1 (conta como 2 vezes). Mas isto não conta, senão lixa-me a teoria toda...



P.S.: Nunca pensei que pensar custasse tanto. Vou pensar numa maneira de não custar tanto. Depois conto-vos.

1 comentário:

j.mind disse...

Pessoal... Eu escrevi aqui uns textozinhos que acho que até me sairam engraçosos (adoro este termo) - modéstia à parte, e gostava de os partilhar com o adorável público portugues interessado em que tal aconteça no momento em que aconteçer, pois é deveras e de facto certo.

Como é que vos posso contactar para os partilhar?
o meu mail é j.mindsdesire@hotmail.com

P.S.: este tá fixe :P congratz

Obg